Coudelaria

Esta coudelaria foi instalada na Quinta da Lagoalva de Cima pelo 2º Duque de Palmela, em 1848, e possui presentemente um grupo de 10 éguas de ventre de raça Puro Sangue Lusitano tendo sido utilizados reprodutores de Manuel e Carlos Tavares Veiga e também do Eng. Fernando Sommer d'Andrade. Recentemente tem como reprodutores cavalos de ferro Borba (Rico e Hostil), Eduardo Fisher (Unicórnio do Retiro e Violino do Retiro) e também de ferro Alter Real (Rubi).

Esta coudelaria já foi, com os exemplares Xaropada II e Zinco, distinguida com o título de Campeão dos Campeões na 1ª Exposição do Cavalo Português, no ano de 1983 em Lisboa e na Feira Nacional de Agricultura de Santarém no ano de 1987.

A coudelaria visa produzir cavalos destinados ao lazer, tauromaquia, ensino e atrelagem de competição.

De entre os produtos da Coudelaria podem-se distinguir os cavalos toureiros; Temporal com Mestre João Branco Núncio, Biquini com José Samuel Lupi, Tal com Emidio Pinto, Altivo com Manuel Jorge de Oliveira e Javier Mayoral, Èbrio com Javier Mayoral e, actualmente, Vigo com Duarte Pinto.

Na Atrelagem distinguem-se, presentemente, os cavalos Génio, Ulisses, Xisto, Xarão e Xadrez, com o Eng. Manuel Holstein Campilho, tendo já participado em três campeonatos do Mundo a representar Portugal.